Mão da Semana: Até Mais, Isildur1, e Agradeço o Pote de US$ 1,3 milhão

Isildur1

Ninguém jogou mais mãos, passou por maiores oscilações ou tem mais admiradores no mundo do pôquer de altas somas na internet do que Viktor “Isildur1” Blom. A mão que descreveremos é um dos motivos.

Viktor “Isildur1” Blom mudou para sempre a cara do pôquer pela internet.

Há mais de cinco anos, ele tem sido, talvez, o jogador mais famoso nas exaustivas sequências de horas jogando pôquer pela internet.

Ninguém jogou mais mãos, ninguém jogou potes maiores, ninguém passou por maiores oscilações e ninguém tem tantos admiradores.

Em 21 de outubro, o Full Tilt Poker anunciou que o contrato de Blom chegaria ao fim, e isso foi um golpe fatal para os jogos de alto risco.

Em homenagem a Isildur1, daremos uma última olhada de perto no maior pote já jogado pela internet, estrelando o próprio e Patrik Antonius.

Como Foi que a Mão Aconteceu

Foi um duelo entre dois jogadores que aconteceu no final de 2011. Viktor Isildur1 Blom e Patrik Antonius estavam jogando a versão Pot-Limit Omaha e os blinds estavam em empolgantes US$ 500/US$ 1.000.

As pilhas efetivas reuniam US$ 678.000 ou 678 big blinds.

Com valores dessa magnitude, dá para esperar que potes grandes sejam jogados, devido às grandes probabilidades implícitas.

Em outras palavras, os jogadores seguirão no jogo se estiverem com mãos com alto potencial de especulação e que tenham algum potencial de se tornarem monstruosas. E é exatamente o tipo de mão com que Blom começa a rodada:

       

Com o botão, ele aumenta a aposta para US$ 3.000. Antonius responde aumentando mais ainda, para US$ 9.000. Blom aumenta ainda mais, para US$ 27.000. Ainda não basta para Antonius, que ainda aumenta para US$ 81.000. Blom paga para ver, para assim ver as cartas da mesa.

Já são US$ 162.000 no pote e as pilhas efetivas de fichas estão agora com US$ 597.000. As cartas da mesa vêm com:

     

Antonius aposta US$ 91.000, e Blom aumenta rapidamente o máximo para US$ 435.000. Então, Antonius entra com todas as fichas. Blom paga os US$ 162.000 de diferença, e agora temos um pote de US$ 1.356 milhão. O maior pote da história do pôquer na internet.

A quarta e a quinta cartas vêm com:

  ---  

Não servem para Blom, que perde com dois pares, de nove e cinco, para a sequência de Antonius com

       

Análise

No final das contas, Patrik Antonius derrota Viktor Blom, mas essa mão lendária vale a pena ser analisada em cada uma de suas etapas.

Antes das três primeiras cartas da mesa, Blom aumenta o pote, começando com o botão, com sua bela mão de cartas seguidas. Essa mão pode encaixar bonito com as três primeiras cartas da mesa, e sua única desvantagem é que só duas cartas são do mesmo naipe.

Antonius recebe uma mão forte com o big blind. Ele detém um par de reis e os naipes estão repetidos em dupla, sendo que ele pode encaixar um flush imbatível, pois também tem um ás, e com o outro naipe, pode fazer o segundo melhor flush com um dos reis.

Portanto, embora esteja em desvantagem em sua posição, ele aumenta duas vezes as apostas de Blom e praticamente anuncia que está preparado para apostar todas as suas fichas mesmo antes da virada das três primeiras cartas da mesa.

Blom paga para ver a última aposta de Antonius, o que é uma boa decisão. Ele está melhor posicionado e precisa ver as três primeiras cartas da mesa para resolver o quanto quer entrar para jogar as fortes probabilidades que as cartas de Antonius representam.

Antonius encaixa a segunda melhor mão possível com sua mão e as cartas da mesa não oferecem possibilidade de flush. Ele aposta US$ 92.000 – não é uma aposta muito grande, e pode ser facilmente interpretada como uma aposta média sem muita convicção.

Inclusive, sua ótima mão está muito bem escondida pois ele está representando quase que exclusivamente pares e cartas altas depois de ter aumentado duas vezes a aposta antes da virada das três primeiras cartas da mesa.

O Três de Espadas É a Carta Surpresa

O 3♠, que era a única carta fraca na mão de Antonius, agora passa a ser a carta surpresa.

Blom, do outro lado da mesa, também não poderia ter desejado que as três primeiras cartas da mesa fossem muito melhores. Ele encaixa uma forte possibilidade de sequência, o que o deixa com 13 cartas podendo sair para ele ficar com a melhor mão de todas.

Mesmo assim, nem um par ele tem, ainda, mas contra uma mão com A-A-K-K com naipes estão repetidos em dupla, por exemplo, ele agora seria favorito com 55% contra 45% de chance.

Quando ele aumenta a aposta após a virada das três primeiras cartas da mesa, ele está, portanto, fazendo uma mistura de semiblefe com aumento de valor. Com essa atitude, Blom está fazendo a pergunta definitiva: Deseja arriscar todas as suas fichas, Patrik?

Patrik Antonius

Como Patrik veio com uma sequência encaixada, sua resposta é óbvia. Desistir não é opção. Mal sabe ele que sua segunda melhor mão possível tem apenas 55% de probabilidade neste momento.

A maior mão no pôquer pela internet está muito próxima. Matematicamente, Antonius possui “apenas” US$ 741.300 deste pote, mas no final das contas, ele leva tudo.

Conclusão

Um cenário perfeito com os jogadores de maior sucesso colocando em jogo enormes pilhas de fichas; esses são os pré-requisitos para uma mão que fez história.

Nenhum dos dois fez nada de errado, mas no final das contas, a sorte decidiu em favor de Patrik Antonius.

Por favor, preencha os campos corretamente!

Erro salvando comentário!

Você precisa esperar 3 minutos antes de postar outro comentário.

Nenhum Comentário

×

Desculpa, essa sala não está disponível no seu país.

Por favor tente a melhor alternativa que estiver disponível para sua localização:

Fechar e acessar a página