Evite erros de jogadores iniciantes no Omaha poker

erros de iniciantes

O Omaha costuma apresentar muito mais ação que o Hold’em, e se você gosta de enfrentar apostadores e jogos com grandes potes, o Pot-Limit Omaha pode ser a sua variante. Entenda como agir em situações mais complicadas no Omaha poker.

Os jogadores iniciantes no poker sempre vão acabar cometendo falhas por procurarem seguir teorias em todas as situações. No caso de variantes do poker como o Omaha, saber como jogar Omaha vai valer para qualquer mesa de jogo e torneios de poker, mas sempre vai ser mais importante você sentir o jogo e observar o adversário.

Para ter o melhor desempenho no Omaha poker você precisa mais do que saber como jogar ou buscar estratégias para melhorar ações de jogo, precisa estar atento à mesa e observar que muitas vezes vai precisar agir mais intuitivamente.

Se você estiver fazendo a transição do Hold’em para o Omaha, vale a pena pensar nas variáveis. A armadilha principal em que todos os iniciantes caem é entrar em mãos demais e supervalorizar mãos que chegam já prontas ou que não sejam de primeira qualidade. 

  • O Omaha é o jogo das melhores mãos possíveis. O iniciante nunca deve entrar em uma mão se não tiver uma das melhores possíveis. Um flush com valete como carta mais alta levará o iniciante a gastar mais dinheiro do que vai ganhar.
  • Uma mão nunca deve ser considerada finalizada até o surgimento da quinta carta. Uma mão que figure entre as melhores após a virada das cartas da mesa significa muito pouco após o surgimento das duas últimas cartas.

Se você é um jogador de Hold'em e está iniciando no Omaha, confira como evitar erros de jogadores iniciantes no poker para entender as melhores ações diante de situações comuns que jogadores com menos experiência costumam tomar decisões erradas.

Como iniciantes no Omaha podem evitar erros 

Para buscar os melhores resultados no Omaha poker e melhorar seu desempenho, entenda como os jogadores iniciantes normalmente se comportam e quais erros cometem frequentemente para que você não seja mais um. Entenda como sair dessas situações se você se encontrar em alguma delas em uma mesa de jogo:

mãos no omaha
  • Paciência para arriscar mãos:

A paciência é necessária em todos os estilos de poker quando se busca os melhores resultados, mas em especial no Omaha poker.

Ao se aprender a jogar pôquer em geral, é sempre bom começar praticando um estilo conservador e com agressividade reservada. Isso significa jogar somente as melhores das melhores mãos, com muito poucas exceções.

Além da paciência, o estilo Omaha oferece muito mais espaço que o Hold’em para erros quando se estiver jogando mãos que não sejam as de primeira qualidade.

Colocando tudo isso em perspectiva: No Hold’em, são 169 as permutações distintas de mãos. Se você pratica um estilo de jogo conservador no Hold’em, você só entra se tiver as 10 melhores mãos. De todas as possíveis mãos iniciais, você só entra de fato em cerca de 9,5% delas. Você entra em uma a cada 10 mãos.

No Omaha poker são 16.432 mãos iniciais diferentes e únicas possíveis que você pode receber. Entre elas, são 30 as mãos de primeira qualidade.

Cada uma destas mãos iniciais pode ter dois naipes iguais, só um naipe igual ou arco-íris. Isso dá a você, no papel de um jogador conservador, 90 ​​mãos iniciais aceitáveis.

Essas 90 mãos iniciais formam apenas 0,5% de todas as mãos que você pode receber. Se você for entrar somente nas mãos de primeira qualidade, jogará uma mão a cada 200 que receber.

Duvido que algum jogador de pôquer iria poder, ou mesmo querer, ater-se a entrar só em uma a cada 200 mãos. Isso significa que jogar o estilo Omaha o forçará a entrar em mãos que não sejam de primeira qualidade.

No entanto, não é erro absolutamente nenhum entrar em uma mão que não seja de primeira qualidade. O problema é que, quanto menor for a força de uma mão, maior será a possível margem de erro que você poderá cometer com ela.

Pegue o Hold’em como exemplo: se você receber AA em todas as mãos, pode até cometer um erro aqui ou ali, mas no geral, ganhará quase todos os potes em que entrar e sairá tendo se dado muito bem.

Por outro lado, se você fosse recebesse sempre 6-8 de naipes diferentes, enfrentaria situações muito mais difíceis, e acabaria cometendo muito mais erros.

  • A tentação das cartas:

No Hold’em, algumas mãos parecem ótimas, mas na verdade, são ruins. Uma mão com K-10 sempre parece forte à primeira vista. O Hold’em reserva um punhado de mãos enganosas como essa, mas elas são fáceis de se evitar.

No Omaha são centenas as mãos que parecem ótimas, mas têm pouco valor para um jogador mais novo.

Um jogador de pôquer que seja avançado e habilidoso consegue entrar em qualquer mão na situação correta e lucrar com ela. O iniciante, porém, comete erros demais com mãos fracas para que seu jogo lhe traga lucro.

Se você tem experiência com Hold’em, talvez caia na armadilha comum de superestimar uma mão com cartas baixas, mas em sequência, e do mesmo naipe, sobretudo se tiver quatro em sequência. Não se iluda - uma mão com 4567, quer tenha ou não dois naipes iguais, não é uma mão forte para um iniciante jogar.

O Omaha é o jogo das melhores mãos; se você fizer um flush que tenha um seis como carta mais alta, é grande a chance de perder suas fichas para uma mão melhor.

Mãos como essa precisam fazer a melhor possível em sequência, sem um par ou um possível flush. A probabilidade de todos esses fatores se conjugarem é pequena demais para tornar essa mão lucrativa.

  • Blefe:

Além da deficiência na hora da escolha de quais mãos que não sejam de primeira qualidade se deve jogar, um dos maiores erros que iniciantes cometem ao trocar o Hold’em pelo Omaha é relativo ao blefe. Iniciantes blefam demais, de menos ou em momentos idiotas.

É uma noção comum que blefar no Omaha é impossível ou ultrapassado, pois depois da quarta carta, a quinta será virada independentemente de qualquer coisa.

São muito mais numerosos os jogadores do estilo Omaha que ficam pagando apostas, engordando o pote, devido às tantas viradas de cartas. Além das viradas de cartas, os potes costumam ter vários jogadores para engordá-lo, tornando-os, em média, muito maiores que no Hold’em.

A verdade dura é que o iniciante quase nunca deve blefar no Omaha. Um blefe bem sucedido no Omaha envolve fazer uma ótima leitura do seu adversário, do que ele acredita que seja a sua mão, e uma boa noção da natureza das cartas da mesa.

Simplificando até demais, como o seu adversário tem quatro cartas, é semelhante a tentar blefar contra dois jogadores em um jogo de Hold’em. Se você não blefaria contra dois oponentes no Hold’em, talvez não devesse blefar contra um só no Omaha.

Confira dois erros de blefe que quem joga Hold'em costuma cometer em um jogo de Pot-Limit Omaha:

1) Em um nível básico, não há diferença entre ter três ou quatro cartas do mesmo naipe na mesa. Quando aparece a quarta carta do mesmo naipe, talvez pareça uma bela carta para assustar um jogador de Hold’em, mas na verdade, é muito menos significativa.

Se o adversário não acreditava que você tinha um flush após a virada da quarta carta, uma quarta carta de um mesmo naipe não o fará mudar de ideia.

2) Quem joga Hold’em costuma considerar insignificante se recebe duas cartas baixas e que não estejam em sequência. Não é incomum jogadores fortes de Pot-Limit Omaha entrarem nas mãos com pares baixos ou com cartas baixas do mesmo naipe, devido à grande quantidade de possibilidades.

O que pode parecer insignificante ou uma carta para assustar um jogador de Hold’em pode ter o efeito inverso para um veterano no estilo Omaha.

Para iniciantes, o Omaha é um jogo muito mais baseado nas cartas que o Hold’em. É necessário ter muita, mas muita experiência e uma habilidade refinada para ser eficiente o bastante nas leituras das mãos dos outros jogadores e das cartas da mesa para fazer a transição para um jogo baseado nela

Se você estiver jogando com muito conservadorismo, só entrando quando tiver as 30 melhores mãos e nunca aumentando nenhuma aposta menos antes da virada das cartas da mesa, quando você for, de fato, aumentar uma aposta, seus adversários fortes irão sempre considerar que a sua mão é um par de ases e podem facilmente achar que um dos ases faz parte de um flush. Isso abre a porta para que você blefe.

Por outro lado, com potes assim, os veteranos vão pagar as suas apostas com quaisquer quatro cartas, acreditando que você tem ases e jogando para superá-los. Quaisquer que sejam as cartas da mesa, elas podem ser perigosas, e qualquer configuração de cartas da mesa que pareça perigosa será um momento excelente para que um veterano roube o seu pote.

Bons jogadores podem ter boas atuações no estilo Omaha puramente ‘sentindo’ o jogo e pelo instinto. Mas nunca é demais ter conhecimento dos números reais. Antes de aprender as probabilidades, você precisa saber de quais mãos estamos falando.

Mãos específicas do poker Omaha

Para não retardar o processo, não vou fornecer aqui uma listagem exaustiva das possibilidades e das mãos padrão do Hold’em. Se você não sabe quantas possibilidades existem em uma mão de sequência que pode ser completada dos dois lados, confira este artigo aqui.

O ‘Wraparound’: Uma mão de sequência ‘wraparound’ é quando você tem duas cartas maiores e uma menor que as duas cartas da mesa que estão em sequência (ou vice versa). Por exemplo:

Mão: Q♦ J♦ 8♥ 2♠

Cartas da Mesa: 10♦ 9♣ 3♥

Nesse cenário, entre a sua mão e as cartas da mesa que estão em sequência, você tem 8-9-10-J-Q (o negrito indica as cartas que estão na sua mão).

Para formar uma sequência, você precisa de uma das seguintes cartas:

7(x4), 8(x3), J(x3), Q(x3), K(x4) = Total de 17 possibilidades.

O ‘Double Wraparound’: Uma mão com ‘double wraparound’ é quando você tem duas cartas maiores e duas menores que as duas cartas da mesa que estão em sequência. Por exemplo:

Mão: Q♦ J♦ 8♥ 7♠

Cartas da Mesa: 10♦ 9♣ 3♥

Nesse cenário, entre a sua mão e as cartas da mesa que estão em sequência, você tem 7-8-9-10-J-Q

Para formar essa sequência, você precisa que venha uma das seguintes cartas:

6(x4),7(x3), 8(x3), J(x3), Q(x3), K(x4) = Total de 20 possibilidades.

A Sequência com 13 Possibilidades: Uma mão de sequência com 13 possibilidades acontece quando você tem na mão três cartas maiores ou menores que as duas cartas da mesa que estão em sequência. Por exemplo:

Mão: K♦ Q♣ J♦ 4♣

Cartas da Mesa: 10♦ 9♣ 3♥

Nesse cenário, entre a sua mão e as cartas da mesa que estão em sequência, você tem 9-10-J-Q-K.

Para formar uma sequência, você precisa de uma das seguintes cartas:

8(x4),J(x3), Q(x3), K(x3) = Total de 13 possibilidades.

Probabilidades: em primeiro lugar, dê uma olhada nas 30 Melhores mãos iniciais do estilo Omaha:

A probabilidade de receber AA-KK com dois naipes iguais é de 50 mil para 1. Não só é uma coisa rara receber essa mão, mas contraponha uma mão com AA-KK contra uma que tenha 8-7-6-5 com dois naipes iguais (uma mão que sequer figura entre as 30 melhores), e a de AA-KK é uma mera favorita de 3 para 2.

A probabilidade de receber AA, a melhor mão do Hold’em, é de 220 para 1. AA contra uma mão com 8-7 do mesmo naipe é favorita de 3 para 1. Você tem uma probabilidade 227 vezes maior de receber AA do que AA-KK com dois naipes iguais, e o seu AA é mais favorito para vencer contra uma mão mais comparável.

Depois que você conhecer as probabilidades e as possibilidades das cartas viradas na mesa do Omaha, você será capaz de tomar decisões mais informadas com relação a como jogar suas mãos. Jogadores de Hold’em, quando vão jogar o estilo Omaha só pelo feeling, rapidamente supervalorizam suas mãos e sua vantagem percebida sobre o oponente.

Memorize as possibilidades de surgimento de cartas de todas as mãos com possíveis sequências, e como localizá-las. Procure ter uma ideia muito boa das melhores mãos, e entenda a pequena margem de vantagem delas. Ajuste seu estilo de jogo de acordo.

Mãos Ruins Tornam o Pot-Limit Omaha Impossível?

O Pot-Limit Omaha não tem necessariamente uma fórmula no estilo receita de bolo dizendo quais mãos devem ser exploradas e quais não devem.

Não é simples assim. Você deve ser capaz de avaliar todas as mãos que recebe para decidir se serão rentáveis ou não. Os fatores permanecem constantes embora as cartas em si possam mudar.

O melhor é ter uma mão que tenha grande capacidade de encaixar com as cartas que vêm para a mesa, que possa ser a melhor mão possível, e que ainda venha com um ‘algo a mais’.

O resto das mãos que você pode receber no Pot-Limit Omaha parte daí ladeira abaixo, e cabe a você analisá-las para determinar o quão são realmente boas.

Evite erros de iniciantes
  • Investir em reis para enfrentar Ases é um erro:

Uma mão com reis é uma outra mão complicada para quem sai do Hold’em e vai jogar Omaha. Uma mão com reis é fraca pela mesma razão que uma mão com ases é fraca - um único par raramente ganha no enfrentamento final, e é complicado chegar a ele.

Diferentemente dos ases, entretanto, raramente é bom receber reis antes da virada das três primeiras cartas da mesa - mesmo que dê para comprometer a sua pilha de fichas.

Se você aposta a maior parte do seu dinheiro e tem reis, provavelmente está com um grande problema. Ases que ganham de reis são raros no Hold’em, e são considerados relativamente surpreendentes.

Com as quatro cartas do Omaha, os ases saem com muito mais frequência e uma mão com reis perder para uma com ases não é nada surpreendente – é um erro de quem tinha os reis.

Uma mão com reis deve ser explorada com muito cuidado antes da virada das três primeiras cartas da mesa, a menos que seja uma mão com reis extremamente forte, por exemplo, algo como: A K K Q ou  K K Q J.

Compare uma mão com K K 4 9 às boas mãos com reis aí de cima. Essa fraca mão com reis não está com nada.

Se for para uma mão dessas ganhar no enfrentamento final em um jogo com uma quantidade muito grande de fichas, ela terá que encaixar no mínimo uma trinca após a virada das três primeiras cartas da mesa, senão não serve de praticamente nada.

  • Cartas altas do mesmo naipe ou de naipes duplicados:

As melhores mãos no Omaha podem encaixar com mais de uma possibilidade, o melhor é ser capaz de formar a melhor mão possível e ainda ter um plano de contingência.

Não é muito frequente cartas altas do mesmo naipe ou cartas com naipes duplicados formarem a melhor mão possível com a virada das três primeiras cartas da mesa, mas acontece muito de formarem belas mãos com dois pares à virada das três primeiras cartas da mesa e que acabam virando belos full houses.

Mãos com cartas altas como AKJT, AQT9, KTJ9, etc. são boas por si só, mas são ótimas quando são do mesmo naipe e de naipes duplicados.

A J T 9 é uma mão excelente e provavelmente é melhor que uma com AKQJ de naipes diferentes porque somente dois naipes a formam, incluindo um naipe com possibilidade de melhor mão possível.

Ter um naipe com possibilidade de melhor mão possível é extremamente poderoso porque casos onde um flush ganha de outro são comuns no Omaha.

Com um naipe com possibilidade de melhor mão possível na sua mão, você “esfria” os flushes menores.

  • Jogar em uma posição ruim no Omaha é praticamente impossível:

A posição ocupada à mesa é importante no Hold’em, mas no Omaha é de extrema importância, o Omaha é um jogo em que quem tem a melhor mão muda praticamente de rodada para rodada.

Costuma ser difícil ter a noção exata de sua posição em uma mão, e ficar em uma posição ruim só piora as coisas. Se jogar em uma posição ruim no Hold’em é difícil, no Omaha é praticamente impossível.

Para se adaptar, você deve jogar com um conservadorismo extremo em uma posição ruim – sobretudo se está apenas começando.

Conforme for aprendendo sobre o jogo e descobrindo seus meandros sutis, você pode começar a abrir um pouco mais o seu jogo.

Mas mesmo assim, os melhores jogadores de Omaha jogam o mínimo possível em posições ruins porque é extremamente difícil.

Jogue Omaha poker para ganhar

Aprender como se forma uma boa mão no Omaha e o que distingue uma mão boa de uma ótima pode parecer uma curva de aprendizagem bem acentuada, e de fato o é.

Mas depois que você descobre e avalia os pontos fortes e fracos da sua mão ali, no calor da ação, a coisa começa a ficar mais fácil e você começa a se tornar um bom jogador de Pot-Limit Omaha.

Jogar nos melhores sites de poker  e procurar a cada jogada observar as falhas e implementar melhore escolhas vão fazer você crescer no poker de uma forma mais rápida. Você pode aproveitar bônus de poker que vão colaborar para manter saldo no seu bankroll e fazer maiores apostas.

Por favor, preencha os campos corretamente!

Erro salvando comentário!

Você precisa esperar 3 minutos antes de postar outro comentário.

Nenhum Comentário

Classificação das mãos de poker
  1. Royal Flush
  2. Straight Flush
  3. Four of a Kind
  4. Full House
  5. Flush
  6. Straight
  7. Three of a kind
  8. Dois Pares
  9. Um par
  10. Carta alta

Classificação completa das mãos de poker

×

Desculpa, essa sala não está disponível no seu país.

Por favor tente a melhor alternativa que estiver disponível para sua localização:

Fechar e acessar a página